A despedida do Imperador – Gratidão pelo hexa e "falta" de comprometimento em 2010

Se Adriano terminou a temporada de 2009 recuperando a felicidade de jogar futebol, sendo o grande craque do Campeonato Brasileiro, artilheiro do Flamengo na conquista do hexa e calado os críticos sobre a sua possibilidade de ser novamente o IMPERADOR. Já em 2010, Adriano não mostrou a mesma regularidade, os holofotes de 2009 parecem não ter feito bem ao menino da Vila Cruzeiro, poucas partidas ele foi decisivo e o que se mais se noticiou foram faltas em treinos e polemicas da sua vida pessoal.

Essas faltas ao treino que já aconteciam na temporada passada, e eram então encaradas como normal pela diretoria, pois mesmo faltando, Adriano mostrava em campo que era matador e isso era apenas noticiado como privilégio do Imperador. Noticias da vida pessoal não abalaram o jogador, ele procurou não dar muitas entrevistas a imprensa, se preservou e deu a resposta em campo.

adriano fla

Já em 2010, as noticias da vida pessoal do Adriano voltaram com força nos três primeiros meses do ano, mas desta vez, o Imperador se mostrou irritado com a invasão de privacidade. Aumentaram as faltas nos treinos, confusão na favela na Chatuba, polemicas com a imprensa e uma frase infeliz ( "Deus perdoe essas pessoas ruins") mas sempre que Adriano se preservou, buscou o equilíbrio e a felicidade de estar atuando, mostrou ao menos a qualidade de atacante que possui.

Foi isso que aconteceu na Taça Guanabara diante do Fluminense, nos jogos contra o Corinthians e quem sabe a ultima partida realizada por ele com a camisa do Flamengo diante da Universidad de Chile.

Adriano merece a gratidão da nação rubro-negra pelo que apresentou na temporada passada, recuperou a felicidade e  ajudou na conquista do hexa, mas também o rendimento abaixo da expectativa da equipe em 2010, infelizmente, também está associado a um pouco da falta de comprometimento do Imperador com o clube e com o torcedor. Quantos jogos no Campeonato Carioca ele não atuou? Quantos na Libertadores?

O Flamengo mais uma vez se despede de um "ídolo" para os jovens torcedores que acompanharam o Brasileirão passado, mas que apesar de craque dentro de campo, ainda precisa buscar um equilíbrio do que ele quer para sua carreira profissional. Que ele seja feliz na Roma, que mostre aos italianos que fizeram um bom investimento na sua contratação.

Pois Adriano por toda história de vida que possui, é chegada a hora de recomeçar e mostrar que está recuperado pro futebol. Essa será sua CHANCE de mostrar aos italianos que voltou a ser o cara e assim não cair na tristeza, chorar e seriam quantas lágrimas por saudades do passado?

E torcida do Flamengo que hoje está órfã do Imperador, nada de chororô, isso não é Flamengo e sim do rival do clube. Se lembrem dessa frase:

" Os anos passam, se passam jogadores, mas fica tu, Flamengo, e eu não paro de te amar"

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: