Na Libertadores chegou a hora da vera e o Fla ainda pode acreditar!

Depois de umas férias do blog, voltando a ativa pra falar dessa reta final de quartas de final da Taça Santander Libertadores 2010. São Paulo, Chivas, Universidad de Chile e Internacional acabaram saindo com a vitória na primeira partida dos confrontos dessa fase. E nesse momento que experiência e comprometimento tático fazem a diferença, arrisco dizer que só dois confrontos ainda estão indefinidos: Universidad de Chile x Flamengo e Estudiantes x Internacional.

Libertad, do Paraguai x Chivas, do México

Uma qualidade desse Chivas é fazer bem o seu dever de casa. Foi assim quando eliminou o Velez Sarsfield, da Argentina, nas oitavas de final e agora tudo leva a crer que será a mesma coisa nas quartas de final diante do Libertad, do Paraguai. No primeiro jogo no México, o time esteve longe de jogar um futebol brilhante, mas como sempre eficiente e isso graças ao talento do atacante mexicano, Omar Bravo e goleou o time paraguaio por 3 a 0.

O Libertad terá que jogar tudo que ainda não jogou nesta Libertadores. O time que teve dificuldades pra vencer adversários como o Blooming, da Bolívia, na primeira fase, terá que se superar. Uma tarefa que não será fácil e se conseguir será mais uma história épica pra entrar na história da Libertadores.

Porém eu não acredito nessa façanha dos paraguaios, a experiência defensiva do time mexicano com a ousadia e futebol travesso de Bravo, o Chivas será o primeiro semifinalista da Libertadores 2010. E isso é um bom sinal para os brasileiros já que o Chivas caso vença a Libertadores não poderá ir ao Mundial da FIFA pelo titulo da Libertadores.

São Paulo x Cruzeiro

“O que une uma equipe é quando um cobre as fraquezas do outro.” esta frase do grande técnico de basquete, Phill Jackson, sintetiza o que foi o São Paulo na primeira partida diante do Cruzeiro, no Mineirão. O São Paulo que ainda não tinha jogado sua melhor partida do ano, entrou com um comprometimento tático e uma disposição que fez por merecer a vitória na casa do adversário.

Grande estreia do veterano Fernandão pelo tricolor e agora diante dos tricolores no Morumbi é só confirmar mais uma classificação a semifinal da Libertadores e a experiência de Rogério Ceni em partidas decisivas fazem toda diferença e o tricolor encorpou na competição na hora certa.

E é triste ver um Cruzeiro não sabendo fazer a lição de casa de novo numa Libertadores, ano passado não estudou antes e dançou para o time de Veron e esse ano não soube furar a defesa do tricolor paulista. Kleber terá que ser gladiador e a defesa da raposa não pode cometer o vacilo de querer fazer linha de impedimento em pleno Morumbi, pois se fizer, pode levar uma goleada histórica.

Mas pra mim é mais um duelo já definido. São Paulo com méritos é um dos brasileiros na semifinal na Libertadores.

Estudiantes, da Argentina x Internacional

O colorado mostrou na partida no Beira-Rio que sabe jogar uma Libertadores. Garra na marcação e tentando pressionar o adversário em boa parte do jogo, mas não de forma afobada e sim com objetividade e sabendo o que quer. A qualidade de D’Alessandro e Andrezinho e a experiência do goleiro Pato Abondanzieri podem fazer a diferença no duelo decisivo na Argentina.

O Estudiantes terá que ser grande e fazer valer o jogar em casa nesta partida. Na primeira fase, o jogo diante do Alianza Lima, do Peru que valia sua classificação para as oitavas de final só conseguiu a vitória nos acréscimos do segundo tempo, gol de Veron, de pênalti. Agora diante do Inter, a frieza de Veron e a categoria de Boseli serão importantes para a equipe argentina tentar o bicampeonato da competição.

Duelo aberto na argentina. Mas o Inter, do técnico Jorge Fossati, que já conseguiu calar o Maracanã com a LDU poderá quem sabe calar os hinchadas, na Argentina e classificar o colorado. É aguardar pra ver.

Universidad de Chile x Flamengo

Só pra contrariar o Flamengo não ganhou o Campeonato Carioca deste ano, só pra contrariar o Flamengo não se classificou em primeiro lugar no seu grupo na fase de classificação da Libertadores e só pra contrariar perdeu em casa na primeira partida das quartas de final pra La "U" em pleno Maracanã.

Será que o Flamengo só pra contrariar sua torcida que em parte está pessimista e conseguirá a façanha de se classificar em pleno Chile?

O Flamengo ainda não disputou uma grande partida ainda nesta temporada. Foi uma boa atuação diante do Fluminense no segundo tempo de uma Taça Guanabara. Um bom segundo tempo diante do Corinthians, nas oitavas de final da Libertadores. Mas uma atuação que lembrasse a arrancada do time no ultimo Brasileirão isso ainda não aconteceu.

Pesa a favor do rubro-negro a vontade de Adriano em querer jogar futebol e a felicidade que ele aparenta ter mesmo estando fora da Copa. O time se quiser seguir firme na luta em busca do bicampeonato da competição terá que pressionar os chilenos desde o inicio na partida em pleno estádio Santa Laura. Um gol nos quinze primeiros minutos pode ser o fato que desequilibre o jogo e facilite o jogo para os rubro-negros.

Bruno terá que ser o Bruno do jogo diante do Corinthians, nesta Libertadores, e do jogo diante do Santos, pelo Brasileirão de 2009. E a defesa terá que ser a mais compacta possível. E o Império do Amor tem que estar numa noite de gala. Mas quem é rubro-negro e conhece a história do clube, e como diz a musica do rubro-negro Marcelo D2 sabe que pode e tem que acreditar.

A La "U" é um time muito bom taticamente e tem boas peças como o goleiro chileno Miguel Pinto e o meia Montillo. Mas nada que um Flamengo jogando com o peso de sua camisa não possa superar. É a hora da vera de ver quem é malandro e passará a próxima fase e quem será mané e se despedirá da competição!

E lembrando de uma entrevista que fiz com Zico este ano na qual ele falou da Nação vale relembrar o que ele falou da mesma pois tem jogador que de cabeça quente acaba falando o que não deve, mas no fundo sabemos que ele também é um torcedor rubro-negro!

" Muitas vezes a demonstração de carinho e de apoio que ela tem dado ao time tem sido constante e que os jogadores tem que pensar nisso. E quando fizerem alguma coisa pensem na torcida e que eles só vão ter alegria, só vão se dar bem. Torcida do Flamengo é aquilo que move você fazer algo a mais para o clube"  ( ZICO)

Anúncios
Comments
2 Responses to “Na Libertadores chegou a hora da vera e o Fla ainda pode acreditar!”
  1. Julio Avila disse:

    Rubro-negro que sou voui torcer do começo ao fim do jogo contra esse raio de La U (acho esse apelido tão rídiculo, mas todo mundo tá usando e pelo menos reduz o nome,que é grande) mas não vejo no time do Flamengo capacidade de furar uma possível retranca que eles armem no Chile.

    Qualidade técnica pra isso, se não chover como nos outros jogos, o Flamengo tem. Mas não tem organização pra isso, vai ter que ser na mística da camisa mesmo.

    Aposto no Estudiantes eliminando o Inter com um 3×0 na Argentina e numa virada do Cruzeiro em pleno Morumbi. Quem Thiago Ribery por último, Ribery melhor.

Trackbacks
Check out what others are saying...


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: