Futebol carioca vive uma crise de IDENTIDADE!

É impressionante como os clubes do Rio não souberam aproveitar o momento recente que tiveram de destaque na mídia para se reestruturar e pensar grande como clube para a alegria do seu torcedor. Mais uma vez, a palavra CRISE, é a tônica dos quatro grandes do Estado e fica a pergunta de quem é a culpa: dirigentes, jogadores ou o torcedor?

O Fluminense com grande destaque na temporada 2008 agora vive do sonho de Fred ser a salvação e apostou num técnico “desgastado” para voltar a triunfar nesta temporada. Tudo isso daria certo, senão fosse contratado reforços de qualidade duvidosa para iniciar a temporada pelo tricolor.

Agora já na metade do ano, sobra crises internas dentro do elenco tricolor e até pancadaria entre torcedor e jogador já ocorreu. E agora o Fluminense espera que Rosinei, que hoje está no Internacional, dê uma qualidade que falta ao time tricolor. Mas sinceramente. Rosinei pode ser bom jogador, mas não é somente ele que fará essa diferença no restante da temporada em prol do tricolor.

E o Botafogo, o melhor futebol do Rio de Janeiro no primeiro trimestre, não conseguiu segurar seu principal destaque do time, o Maicosuel, confia em Lucio Flavio como a salvação de um time que é limitado demais no seu setor ofensivo. A carência de atacantes de ponta que diminuam a pressão sobre Victor Simões já seria uma ótima para o alvinegro conseguir permanecer na primeira divisão.

O Flamengo parecia que voltaria a arrancar no Campeonato Brasileiro, mas algo aconteceu nesta caminhada, 9 gols sofridos em 2 jogos e agora um elogiado treinador é questionado por alguns dirigentes e pela própria torcida. Agora é mais que evidente que a culpa não é do treinador que não tem material de humano para variar taticamente o time. As peças são esforçadas mas de qualidade “ duvidosa”.

É momento de reflexão na Gávea. Como o torcedor sabe muito bem que o Flamengo é um gigante que se alimenta de vitórias e só uma vitória diante do excelente time do Internacional pode trazer a tranqüilidade de volta ao Flamengo e quem sabe marcar o reinicio da caminhada rumo a uma posição honrosa no Brasileiro.

 

E o Vasco na Série B esqueceu o que é vencer e tem um momento turbulento na competição. Resta saber se diante do bom time do Duque de Caxias, do artilheiro Edvaldo, o Gigante da Colina mostrará a sua determinação em São Januário ou Pimpão e cia voltaram a irritar a sua torcida.

O futebol carioca precisar rever seu conceito de gestão, hoje não há mais espaço para briga de egos de dirigentes, atualmente, o mundo do esporte e do esporte, clama por profissionalismo e transparência. A IDENTIDADE do futebol carioca só será resgatada a partir do momento que isso acontecer e quando o planejamento assim que traçado seja mantido para o restante da temporada. Com seriedade, não é só o clube que ganha mais credibilidade, a torcida também passa a ter certeza que seu clube está no caminho certo de novas conquistas…

Profissionalismo JÁ!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: