Gama Filho retira patrocínio ao judô

O judô do Rio de Janeiro sofreu um baque nesta semana. A Universidade Gama Filho, principal instituição vinculada à modalidade no Estado, decidiu encerrar seu apoio à luta profissional. Não houve uma justificativa oficial para a posição da entidade.

A situação surpreendeu os judocas que eram apoiados pela Gama Filho. Seis deles viviam em alojamentos da universidade, e a maioria usufruía de bolsas de estudo na instituição.

A crise no judô da Gama Filho começou em outubro do ano passado, quando Flávio Canto deixou a entidade. Atualmente, o judoca olímpico negocia um retorno à equipe do Pinheiros.
Entretanto, a ausência de ações drásticas depois disso amenizou o temor dos atletas. No início deste ano, Hugo Pessanha, outro integrante da seleção, trocou a Gama Filho por Minas Gerais.

Os outros atletas da Gama Filho permaneceram, a despeito de alguns estarem com salários atrasados. Agora, com o anúncio da instituição, esse grupo busca recolocação em outros clubes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: